Tanto o negócio quanto o meio ambiente ganham quando a reciclagem é implementada. A indústria, principalmente a civil, é uma das maiores geradoras de resíduos. Além disso, o descarte não é simples, o que gera custos operacionais para a empresa, responsável por realizar um descarte apropriado dos materiais.

Logo, a reciclagem surgiu como uma alternativa tanto para atender a uma demanda da sociedade por maior preservação do meio ambiente, como também para oferecer às empresas maior segurança, visto que o transporte de algumas substâncias é perigoso.

As vantagens são inúmeras. A indústria, por exemplo, consegue gerar economia nos gastos com matéria-prima, principalmente de materiais não renováveis, e se desenvolver de maneira mais inovadora, já que é preciso buscar tecnologias avançadas para fazer um melhor aproveitamento dos insumos.

Os menores custos garantem a diminuição dos preços praticados e um consequente ganho de competitividade no mercado, pois amplia as possibilidades de negociação com o cliente, podendo atender aos pedidos de desconto sem prejuízos, satisfazendo seus consumidores.

E na outra ponta, o meio ambiente sofre menos com a exploração de recursos naturais. Consequentemente, isso resulta em sua melhor regeneração, minimização dos efeitos climáticos e melhor qualidade de vida para a população.

Outro ponto é o marketing. Indústrias que reciclam e se preocupam com o meio ambiente são mais bem vistas pela sociedade em geral e são mais lembradas na hora das compras.